Chinesa anuncia compra de fábrica de fibra de vidro no Brasil

A estatal chinesa CPIC (Chongqing Polycomp International Corporation) confirmou ontem um acordo para a compra da fábrica Capivari Fibras de Vidro, pertencente à empresa norte-americana Owens Corning.

O negócio, de US$ 59,5 milhões, ainda precisa ser aprovado por autoridades chinesas e brasileiras.

Localizada em Capivari (interior de SP), a fábrica é parte de um processo no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Em 2008, o órgão, ligado ao Ministério da Justiça, avaliou que a aquisição da fábrica levaria a Owens a ter o quase monopólio da fibra de vidro no Brasil, o que é proibido.

A empresa tem outra unidade em Rio Claro (SP). Somadas, as duas fábricas representam 92% da produção de fibra de vidro no Brasil.

A CPIC tem um patrimônio de US$ 1,14 bilhão.